Instituto Diocesano de Formação João Paulo II

Educar para  o mérito 

Projeto Educativo 2013/2017

O Projeto Educativo de Escola (PEE) do Instituto Diocesano de Formação João Paulo II (IDF) foi definido por um período de quatro anos, para podermos avaliar o nível de consecução das propostas que apresentamos, findo o período estabelecido. Acabamos de terminar o primeiro ano e o relatório anual de atividades já nos aponta algumas pistas e diretrizes a seguir para o próximo ano.

A nossa aposta continua a estar direcionada para uma escola de mérito, o que nos leva a educar para o sucesso.

Durante o ano transato fizemos um sério investimento na renovação do corpo docente, procurando que o mesmo fosse melhor habilitado e com mais experiência de lecionação. Conseguimos, deste modo, responder melhor às exigências do currículo português e obter resultados mais satisfatórios ao nível das aprendizagens adquiridas pelos alunos.

Este ano procuraremos, além das exigências do currículo, enriquecê-lo com atividades complementares de apoio aos alunos e de reforço das suas capacidades, processo que já foi iniciado.

Todo o nosso investimento pessoal e profissional, e os nossos recursos humanos e materiais, estão a ser direcionados para os objetivos máximos da aprendizagem e da aquisição de conhecimentos. Este investimento implica uma atitude mais afirmativa e proactiva da parte da comunidade educativa na mobilização de compromissos fortes e duráveis para um objetivo comum - o sucesso dos nossos alunos.

Continuaremos a criar estratégias e instrumentos pedagógicos que permitam melhorar os resultados globais dos nossos alunos, traduzindo-se estes numa percentagem de níveis positivos nas avaliações internas e externas. Tal como preconizamos neste projeto, os alunos deverão possuir, findo os quatro anos:

- O domínio de várias línguas;

- O gosto pela descoberta e pela ciência;

- A criatividade, inteligência, polivalência, liderança, capacidade empreendedora, vontade de aprender e de alargar horizontes, persistência e perseverança.

As metas para uma escola de sucesso expressam a orientação educativa da escola. O nosso plano de ação continuará a ser construído segundo propósitos claros. É importante concretizar ou materializar as apostas na melhoria geral das nossas práticas educativas.

A nossa primeira preocupação será aglutinar todos os elementos da comunidade educativa à volta deste propósito, comprometendo todos na sua efetivação. Prosseguiremos com as linhas de atuação consideradas fundamentais:

  • Valorizar uma cultura de cidadania responsável;
  • Valorizar a cultura do trabalho, do esforço e da exigência;
  • Valorizar a instituição de que fazemos parte;
  • Valorizar as metodologias, projetos e ações que ajudem o aluno a crescer e a aprender;
  • Valorizar a articulação com as famílias e com os diversos parceiros, nomeadamente, os diversos centros de produção do saber.

Tal como no ano anterior, o Plano Anual de Atividades (PAA) deverá continuar a ser o instrumento, onde as ações terão que atender às linhas de orientação definidas.

Este Projeto Educativo, no seu segundo ano de execução, deverá atender os seguintes aspetos:

  • Favorecer a interação entre as várias áreas disciplinares, tanto a nível horizontal como vertical;
  • Ser ponto de referência para a gestão e a tomada de decisões dos órgãos diretivos e dos diversos agentes educativos;
  • Garantir a unidade de ação da escola;
  • Ser o ponto de partida para a contextualização curricular;
  • Harmonizar as atuações dos professores;
  • Promover a congruência entre os aspetos organizacionais, administrativos e pedagógicos.

É nosso objetivo maior construir uma escola que seja respeitada, focada num trabalho de qualidade, que favoreça o desenvolvimento integral do aluno e que se constitua num espaço de referência. Queremos, juntos, mudar as nossas atitudes para melhor nos adequarmos aos novos tempos, consolidar saberes e organizar ações que envolvam toda a comunidade educativa.

Que a vontade de aprender, de ser mais e ser melhor, encontre nesta escola espaço e tempo para a sua realização.

Sendo um projeto para quatro anos mantêm-se os fundamentos do mesmo. Anualmente são feitos ajustamentos, à medida que alguns objetivos são concretizados. Todos os anos é feito um balanço no Relatório Anual de Atividades.

O Projeto Educativo de Escola será operacionalizado através do Plano Anual de Atividades, que continuará a ter como tema globalizante História e Património de São Tomé e Príncipe, tendo como subtema, no ano letivo 2014/2015:“As Roças - o passado, o presente e o futuro”.