Instituto Diocesano de Formação João Paulo II

Educar para o sucesso, 
Uma escola de mérito.

Orgãos de Gestão/Funcionamento

 A Gestão do IDF é assegurada pelos seguintes órgãos de Administração e Gestão:

 

Composição do Conselho Directivo

Directora/ Directora Pedagógica                                                 Isaura Carvalho

Administrador                                                                          Pedro Nazaré

Inovação Educativa                                                                  David Monteiro

Acompanhamento e Apoio aos alunos                                         Marina Graça

e Encarregados de Educação

Representação dos Professores                                                  Lúcio Carvalho

 

Composição do Conselho Pedagógico

Coordenador do Ensino Secundário                                             Lúcio Carvalho

Coordenador do 2º e 3º ciclos                                                   Anastácia Trindade

Coordenador do Departamento de Expressões                             Anastácia Trindade

Coordenador do Departamento de Línguas                                  Antónia Daio

Coordenador do Departamento de Ciências Sociais                        Fausto Neves

Coordenador do Departamento de Ciências Naturais                      Carina Rodrigues

e Exactas

 Representante dos alunos                                                        Fábio Neves

 

Composição das Estruturas de Orientação Educativa

Gabinete de Psicologia e Aconselhamento

 

Funções dos Órgãos de Gestão Escolar:

 

1.   Conselho Pedagógico (constituído pelos Coordenadores de Ciclo e pelos Coordenadores de Departamentos Curriculares)

 

    Ao Conselho Pedagógico compete:

 

  1. Eleger o respectivo presidente de entre os seus membros docentes;
  2. Apresentar propostas para a elaboração do projecto educativo e do plano anual de actividades e pronunciar-se sobre os respectivos projectos;
  3. Pronunciar-se sobre a proposta de regulamento interno;
  4. Pronunciar-se sobre as propostas de celebração de contratos de autonomia;
  5. Elaborar o plano de Formação e de actualização do pessoal docente e não docente, e acompanhar a respectiva execução;
  6. Definir critérios gerais nos domínios da informação e da orientação escolar e vocacional, do acompanhamento pedagógico e da avaliação dos alunos;
  7. Propor aos órgãos competentes a criação de áreas disciplinares ou disciplinas de conteúdo regional e local, bem como as respectivas estruturas programáticas;
  8. Definir princípios gerais nos domínios da articulação e diversificação curricular, dos apoios e complementos educativos e das modalidades especiais de educação escolar;
  9. Adoptar os manuais escolares, ouvidos os departamentos curriculares e os conselhos de docentes;
  10. Propor o desenvolvimento de experiências de inovação pedagógica e de Formação, no âmbito da escola e em articulação com instituições ou estabelecimentos do ensino superior vocacionados para a Formação e a investigação;
  11. Incentivar e apoiar iniciativas de índole formativa e cultural;
  12. Definir os critérios gerais a que deve obedecer a elaboração dos horários;
  13. Definir os requisitos para a contratação de pessoal docente e não docente, de acordo com o disposto na legislação aplicável;
  14. Intervir, nos termos da lei, no processo de avaliação do desempenho dos docentes;
  15. Proceder ao acompanhamento e avaliação da execução das suas deliberações e recomendações.

 

2. Coordenadores de Ciclo

 

Ao Coordenador de Ciclo compete:

 

  1. Recolher os Projectos Curriculares de todas as turmas do seu ciclo e elaborar um projecto que englobe de forma articulada todos os Projectos Curriculares de Turma;
  2. Realização de uma reflexão crítica sobre a avaliação dos alunos por período (estatística dos resultados);
  3. Propor ao Conselho Pedagógico a realização de acções que estimulem a interdisciplinaridade, visando a formação de professores;
  4. Promover a execução das orientações do Conselho Pedagógico;
  5. Preparar sugestões ou recomendações a apresentar ao Conselho Pedagógico;
  6. Promover a implementação dos critérios de avaliação em articulação com os Departamentos Curriculares;
  7. Garantir aos Directores de Turma todos os meios e documentos necessários ao desempenho das suas funções, procedendo à actualização e exemplificação dos mesmos;
  8. Ajudar os Directores de Turma na detecção/prevenção/resolução dos problemas que possam vir a surgir;
  9.  Preparar as reuniões dos Conselhos de Turma de avaliação;
  10. Propor e planificar formas de actuação junto dos Pais e Encarregados de Educação;
  11. Apresentar ao Conselho Executivo um relatório crítico, anual, do trabalho desenvolvido.

 

3.   Coordenação de Departamentos

 

Compete ao Departamento:

 

  1. Elaborar um plano anual de actividades e assegurar a sua implementação;
  2. Uniformizar os critérios e instrumentos de avaliação e zelar para o cumprimento dos mesmos critérios por parte de todos os professores do mesmo departamento;
  3. Trocar experiências de trabalho didáctico-pedagógico (elaboração de fichas de trabalho, de diagnóstico, de avaliação,…);
  4. Promover a articulação vertical e transversal entre as disciplinas do mesmo departamento;
  5. Detectar necessidades de formação de professores;
  6. Apresentar propostas para a elaboração do Projecto Educativo;
  7. Propor alterações ao regulamento interno da escola;
  8. Organizar o inventário do material existente e zelar pela sua conservação.

 

Coordenador de Departamento – elo de ligação entre os professores do Departamento Curricular e os professores do mesmo departamento. Deve assegurar que todas as competências e tarefas acima citadas são realizadas, deve representar os professores do seu departamento em Conselho Pedagógico e realizar um relatório crítico anual do trabalho realizado.

 

4.   Directores de Turma (Decreto Regulamentar nº10/99)

Para garantir que o Conselho de Turma exerça as suas competências, o Director de Turma deverá realizar todo um conjunto de actividades que envolvam os alunos, os professores da turma e os Encarregados de Educação, designadamente:

 

Director de Turma/Alunos

  1. Fazer a caracterização dos alunos da turma, para melhor compreender e acompanhar o seu desenvolvimento intelectual e sócio-afectivo.
  2. Promover o acompanhamento individualizado dos alunos da turma;
  3. Identificar os alunos com dificuldades e que exigem um acompanhamento especial, propondo e participando na elaboração de um programa de apoio no âmbito da acção social escolar, ou no domínio pedagógico ou psicológico;
  4. Apoiar o desenvolvimento de iniciativas e projectos, especialmente nas áreas de Formação Cívica e de Projecto, que respondam aos interesses dos alunos, favoreçam a integração escolar, familiar e social e contribuam para o trabalho em equipa, a cooperação e a solidariedade;
  5. Preparar e organizar Assembleias de Turma quando surjam problemas entre alunos e, alunos e  professores, de forma a resolver os conflitos e a favorecer o desenvolvimento pessoal e social dos alunos;
  6. Sensibilizar os alunos para a importância dos cargos de Delegado e Subdelegado de turma, bem como organizar a sua eleição;
  7. Promover contactos regulares com os representantes de alunos a fim de se familiarizar com problemas que possam existir na turma, tentando solucioná-los ou, consoante a sua gravidade, comunicá-los aos órgãos superiores;
  8. Acompanhar o aluno na execução de medida disciplinar a que foi sujeito, devendo articular a sua actuação com os Pais e Encarregados de Educação e com os professores da turma, em função das necessidades educativas identificadas e de forma a assegurar a co-responsabilização de todos os intervenientes nos efeitos educativos da medida.

 

Directores de Turma/Professores da turma

  1. Fornecer aos professores da turma informações consideradas pertinentes sobre os alunos e suas famílias, salvaguardando o direito ao sigilo;
  2. Caracterizar a turma no início do ano a partir dos dados recolhidos na ficha biográfica do aluno e de outros meios de informação;
  3. Discutir e definir com os professores estratégias de ensino/aprendizagem tendo em conta as características da turma;
  4. Coligir os critérios de avaliação das diferentes disciplinas do currículo;
  5. Promover o trabalho de equipa entre os professores, quer a nível do desenvolvimento do projecto curricular da turma, quer na resolução de conflitos e problemas;
  6. Orientar o desenvolvimento das actividades do Projecto Curricular de Turma numa perspectiva interdisciplinar, em especial as que se realizam na Área de Projecto;
  7. Recolher e fornecer informações sobre a assiduidade, comportamento e aproveitamento dos alunos;
  8. Estimular e colaborar em actividades que promovam a relação Escola/Meio;
  9. Participar na elaboração das propostas de apoio pedagógico aos alunos;
  10. Propor e discutir com os professores formas de actuação que favoreçam o diálogo entre a Escola e os Pais.
Directores de Turma/Encarregados de Educação
  1. Informar os Encarregados de Educação do Regulamento Interno, do Projecto Educativo e demais legislação em vigor;
  2. Informar os Encarregados de Educação sobre o funcionamento das estruturas de apoio existentes na Escola;
  3. Comunicar o dia/hora de atendimento;
  4. Fornecer aos Pais, informações sobre a assiduidade, comportamento e aproveitamento escolar do seu educando;
  5. Apoiar os Pais no acompanhamento dos seus educandos;
  6. Promover o envolvimento dos Pais na realização de actividades educativas com os alunos e professores da turma no âmbito do Projecto Curricular de Turma, ou de outros contextos de aprendizagem;
  7. Promover a eleição dos representantes dos Pais e Encarregados de Educação aos Conselhos de Turma de carácter disciplinar;
  8. Propor e planificar com os Encarregados de Educação formas de actuação que permitam uma relação mais estreita entre a Família e a Escola;
  9. Promover acções específicas que possibilitem uma aproximação aos Encarregados de Educação que, raramente ou nunca, contactam com a Escola.

Directores de Turma / Tarefas Organizativas/Administrativas

  1. Organizar o dossier do Director de Turma;
  2. Organizar o Processo Individual do Aluno;
  3. Efectuar/verificar o registo de faltas dos alunos, decidindo da aceitação ou não das respectivas justificações;
  4. Preparar e coordenar as reuniões do Conselho de Turma;
  5. Organizar as actas das reuniões dos Conselhos de Turma;
  6. Verificar pautas, termos e fichas de registo dos alunos;
  7. Convocar/preparar reuniões, gerais ou individuais, com os Pais e Encarregados de Educação;
  8. Elaborar o relatório da actividade desenvolvida durante o ano lectivo.

 

Adaptado do Decreto-Lei n.º 75/2008